Portugal Start-Up

terça-feira, 25 de julho de 2017

Hashflare Cloud Mining - Revisão

Há algum tempo que ando de volta da mineradora de Bitcoin Hashflare mas só mais recentemente decidi investir.
Fiz um trabalho extremamente aprofundado de pesquisa não só relativamente à mineração de Bitcoin mas também relativamente à propira Hashflare. Vamos ver os resultados?

Hashflare Cloud Mining - Revisão


A Hashflare é uma empresa localizada na Estgonia, fundada em Junho de 2013 sob o nome Hashcoins.
A operação de mineração de Bitcoin da Hashflare está localizada num local secreto, no entanto eles já partilharam gotos e vídeos nas suas contas Instagram:
https://www.instagram.com/hashcoins/
https://www.instagram.com/hashflare.io/

Podes também verificar a existência da empresa aqui:



Estou a colocar aqui esta informação para quem chegou agora ao mercado da mineração de Bitcoin na cloud pois para mim não há qualquer questão relativamente à seriedade da Hashflare.
Bem, vamos passar ao capítulo seguinte. O que oferece a Hashflare?

Contratos de mineração da Hashflare


Bem, a Hashflare oferece excelentes rentabilidades para minerar os seguintes contratos: Scrypt, Sha-256, Ethash, Equihash e X11. De seguinda já aprofundo as características de cada um destes.

Para mim, a melhor estratégia na Hashflare é a diversificação: coloca o teu investimento em diferentes contratos de mineração e minera diferentes altcoins além da Bitcoin. Com esta estratégia não só garantes que não colocas todos os ovos no mesmo cesto como aumentas também a tua exposiçãoo a outras crypto moedas que podem ter um grande potencial de crescimento no futuro.



Esta é a alocação que estou atualmente a usar na Hashflare. Para mim, o proximo passo é aumentar o peso do SHA-256, i.e. aumentar o peso da mineração de Bitcoin.
Neste momento os contratos X11 são os mais rentáveis mas por outro lado é preciso ter em atenção que o X11 que minera Dash e o ETASH que minera Ethereum são contratos de 1 ano ao passo que o SHA-256 são contratos vitalícios, i.e. no SHA-256 a Hashflare vai pagar enquanto o contrato for rentável (e eu acredito que será rentável pois a contação da Bitcoin vai continuar a subir).


Na Hashflare podes escolher nos contratos SHA-256 quais as mining pools que queres usar. Eu tenho assim dividido mas podes ir testando se há mining pools mais rentáveis que outras. No entanto aconselho a não andar sempre a alterar as mining pools pois assim não perceberás as mais rentáveis.

Qual o ROI da Hashflare?


Bem tenho feito as contas para perceber o ROI da Hashflare e no final perceber claro quando vou recuperar o investimento.


Bem, traduzindo, o ROI de cada um dos contratos de mineração também está dependente da cotação das crypto moedas que lhe estão associadas. No entanto, parece-me que o melhor ROI (Retorno do Investimento) é dos contratos X11 que mineram Dash.
No entanto... atenção, no entanto... X11 é um contrato de mineração a um ano. Por isso porde ser boa alternativa apostar numa rentabilidade ligeiramente inferior e ficar com mais poder de mineração em SHA-256 que minera para sempre desde que o Bitcoin não caia muito.

Ok, esta é a minha estratégia Hashflare com a qual é possível dobrar pefeiramente o investimento no espaço de 1 ano.
Sim, podes perfeitamente ter rentabilidades superiores a 100% ao ano caso a crypto moeda que esteja a minerar mantenha a cotação. No entanto, se a cotação subir (e é isso que temos vindo a verificar sempre no médio prazo), podes epserar que a rentabilidadde seja bem superior a 100%!

É por isso que acredito tanto na Hashflare e na mineração na cloud. É um excelente investimento e com um risco que para mim é reduzido!

Se quiseres começar a minerar na Hashflare, podes começar com valores a partir de apenas $2 por isso vamos lá investir!
Para obter desconto de 10% clica abaixo e usa o seguinte código Hashflare: FDE616B8.

HashFlare
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...